Header image

Bolsas Capes/Humboldt

Postado por ACG - Associação Cultural Gramado sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 Marcadores: ,

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e a Fundação Alexander von Humboldt recebem inscrições até o dia 31 de janeiro de 2014 para a 4ª chamada de seu programa conjunto de bolsas para pesquisa, com vigência de julho/agosto de 2014 a maio de 2015. Há oportunidades para doutores em início de vida acadêmica, que queiram fazer pós-doutorado, e para pesquisadores experientes.

O objetivo do Programa Bolsas para Pesquisa Capes/Humboldt é conceder bolsas para pesquisadores altamente qualificados, que possuam vínculo, empregatício ou não, em Instituições de Ensino ou Pesquisa do Brasil em todas as áreas do conhecimento. A parceria visa à internacionalização de forma mais consistente, o aprimoramento da produção e qualificação científicas e o desenvolvimento de métodos e teorias em conjunto com pesquisadores, de reconhecido mérito científico, alemães ou estrangeiros residentes na Alemanha.

Há duas modalidades de bolsa: "pós-doutorado", destinado a pesquisadores altamente qualificados e em início da carreira acadêmica, que tenham completado seu doutorado há menos de quatro anos; e "pesquisadores experientes", com foco em acadêmicos altamente qualificados e com perfil de pesquisa definido, que tenham completado seu doutorado há menos de 12 anos.

Os benefícios incluem bolsa mensal, auxílio-instalação, auxílio-deslocamento, auxílio para aquisição de seguro saúde, curso de alemão (quando necessário), subsídio para dependentes e auxílio para mobilidade.

A duração da bolsa pode variar entre 6 e 24 meses na modalidade pós-doutorado e de 6 a 18 meses para pesquisadores experientes. Informações sobre prazos de inscrições e requisitos estão disponíveis no site: http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/alemanha/capes-humboldt

A 5ª chamada receberá inscrições de 1º de fevereiro a 31 de agosto de 2014, com vigência de fevereiro/março de 2015 a dezembro de 2015.

(Fonte: Brasil Alemanha News)

0 comentários:

Postar um comentário