Header image

Parceria Núcleo Militar/ACG: Conquistas

Postado por ACG - Associação Cultural Gramado terça-feira, 17 de setembro de 2013 Marcadores: ,

Em cerimônia realizada no Colégio Militar de Porto Alegre, na noite de 16 de setembro, o historiador Fabricio Gustavo Dillenburg recebeu homenagem da FAHIMBT – Federação das Academias de História Militar Terrestre do Brasil –, através de seu Presidente, Coronel Cláudio Moreira Bento, e do Presidente da AHMITB/RS – Academia de História Terrestre do Rio Grande do Sul – e Vice do IHTRGS – Instituto de História de Tradições do Rio Grande do Sul, Coronel Luiz Ernani Caminha Georgis. A homenagem foi oferecida “em reconhecimento aos trabalhos em desenvolvimento prestados à História Militar Terrestre do Brasil e do Rio Grande do Sul”. O historiador foi, na ocasião, empossado como membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (cuja sede fica na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, RJ). No mesmo evento, o homenageado também tomou posse no IHTRGS. As instituições reunidas à Federação são responsáveis pela guarda e manutenção da memória do Exército Brasileiro, bem como por estudos militares, de caráter histórico, tático e estratégico.

Dillenburg é fundador e coordenador do Núcleo de Estudos de História Militar Vae Victis, professor e divulgador da História Militar, ramo no qual atua há quase três décadas. É autor do livro “Kamikaze: as Invasões Mongóis e as Origens do Vento Divino”, além de publicar regularmente artigos sobre História e manter, juntamente com a ACG/Casa da Juventude, o Ciclo de Palestras Sobre História Militar, série de exposições sobre história, geopolítica e assuntos relacionados. Para maiores informações sobre o tema e sobre as palestras, pode ser acessado o site do Núcleo Militar Vae Victis (www.nucleomilitar.com), o seu blog (www.nucleomilitarblog.com) ou ser utilizado seu e-mail (nucleomilitar@gmail.com).

Na imagem, da esquerda para a direita, Coronel Luiz Caminha Giorgis, o historiador F. G. Dillenburg e o Coronel Cláudio Moreira Bento.

0 comentários:

Postar um comentário