Header image

Alemanha de A a Z

Postado por ACG - Associação Cultural Gramado domingo, 18 de agosto de 2013 Marcadores:

Mostra "Alemanha de A a Z" marca o início do calendário de eventos da temporada Alemanha+Brasil 2013-2014 em Brasília. Em cada letra do alfabeto, o visitante se depara com fatos e curiosidades sobre a sociedade alemã. Conhecer a Alemanha por meio de enormes 26 letras do alfabeto, espalhadas pelo salão de exposições, complementadas por texto, áudio, vídeo e objetos pode não ser algo convencional. Mas o inusitado formato tem despertado a curiosidade dos brasileiros que visitam a exposição Alemanha de A a Z (Deutschland für Anfänger, ou Alemanha para iniciantes, no título original em alemão). Na última sexta-feira (24/05), a exposição chegou a Brasília, marcando, na capital, o início do calendário de eventos do ano Alemanha + Brasil 2013-2014. "Tenho a impressão de que os brasileiros e os alemães têm uma imagem muito positiva uns dos outros. Mas, mesmo assim, penso que deveríamos nos conhecer melhor, pois há tantas coisas que já une os países e tanto que ainda temos a aprender uns dos outros", disse o embaixador da Alemanha no Brasil, Wilfried Grolig, durante a abertura da exposição, na praça central do Park Shopping. Aproximar a história, a cultura e a política alemãs da população brasileira é o grande objetivo da exposição, que, originalmente, foi concebida para alcançar a população estrangeira que vive na Alemanha, como os turcos. "Ela quer mostrar todas as facetas da Alemanha, desde cultura, hábitos, costumes e tradições", explicou à DW Brasil Cintia d'Orsi, coordenadora de programas culturais do Goethe Zentrum, em Brasília. 

Cada uma das 26 letras do alfabeto oferece uma aula a partir do verbete correspondente, indo desde Arbeit (trabalho) até Zukunft (futuro). Leonardo Barbosa, visitante da exposição, associa Alemanha a cerveja, frio e política. Ele leu as informações da letra M de Mauer, ou muro. "A gente não se prende muito às datas, não lembrava que fazia tanto tempo já", disse. A ideia é apresentar fatos conhecidos, mas fugindo do clichê e mostrando diferentes aspectos, como da letra U, de Umweltschutz (proteção ambiental). A visitante Eidy Marianne se interessou por palavras ligadas à sustentabilidade e vê a Alemanha como modelo. "A Alemanha é conhecida por fomentar projetos de sustentabilidade, na área de energia, por exemplo". Para ela, iniciativas como essa ajudam a popularizar e despertar o interesse pelo país. [...] 

Criada pelo departamento de línguas do Instituto Goethe, Alemanha de A a Z tem forte caráter didático. "É uma maneira de mostrar a língua alemã como uma língua viva", diz Cintia d'Orsi. Falado por mais de 120 milhões de pessoas, o alemão é hoje a língua mais usada na Europa e a segunda mais comum na internet. Pra quem considera o alemão uma língua complicada, o embaixador Wilfried Grolig contesta: "O alemão é uma língua bastante lógica. Muitas pessoas conseguem se comunicar em alemão depois de pouco tempo de aprendizado; o português é muito mais difícil, podem acreditar em mim". Depois de Brasília, a exposição passa por Rio de Janeiro, Blumenau, Porto Alegre, Curitiba e São Paulo.

(Fonte: DW)

0 comentários:

Postar um comentário